Browsing All Posts filed under »Correspondência«

Esse tudo

Agosto 16, 2015 por

0

Gostava que ouvisses esta música e que me ouvisses a ler este texto e que estivesses neste momento comigo e que soubesses que a música é tua, que o texto é teu, e que este momento te pertence, a ti. Tornas fácil imaginar-te em todo o lado pelo quanto és, sem esforço, e por te […]

À terceira ou ficamos agarrados às coisas que não dizemos

Abril 13, 2015 por

0

O domingo a acabar não é igual a outro dia qualquer antes de acabar, o domingo a acabar como que nunca acaba, custa-lhe, arrasta-se, e é com estes minutos compridos de fundo que o outro lhe pergunta mas então e por que é não disseste isso, e ele, não sei. Pausa. Nunca sei essas coisas. […]

Talvez em Morse

Maio 11, 2014 por

0

Não consigo escrever-te. De que servem uma folha em branco e 26 letras quando incandescem na minha retina mil narrativas dos teus olhos e a chave de ouro do teu riso mais espontâneo? (Assim nem posso escrever outra história qualquer.) Nada mais. Tens em ti todos os enredos e todas as rimas do mundo. Só pode; […]

em segredo de ti

Janeiro 16, 2014 por

1

Há poucas coisas mais bonitas do que as palavras certas. Apetece-me agarrar-te no cabelo e apanhá-lo numa mão assim num nó desajeitado e afastá-lo para cima, assim, e escrever-te no pescoço a pincel. Escrever-te no pescoço a pincel para ser suave e bonito e te ficar bem aquilo que me apetece dizer de ti, e […]

O mesmo copo

Maio 30, 2013 por

0

Deixei-te para o fim mas não leves a dal. A mal. É a mal que se escreve. É dos dedos que estão lentos ou da cabeça que quer mais do que aquilo que alcança a estas horas da noite ou de amanhã. Quase que já é amanhã e não acerto à primeira na porcaria do […]

Carta de Motivação

Agosto 5, 2012 por

4

Inspira. Suspira. Transpira por inspiração. A inspiração não se respira. Quando a pira se acende, não deixes que se expire. Podia e era até oportuno ser um texto sobre os Jogos Olímpicos. Mas acho que não tenho autoridade para tal após só me ter apercebido, em toda a sua majestade, da perfeição do salto da […]

(Excerto)

Julho 29, 2012 por

0

Não quero estar para aqui com a presunção que seria necessária para afirmar sem ter vergonha que fomos feitos um para o outro, porque me fica mal. Com a presunção vinham as palavras que nem eu quereria ler quando acabasse, porque metade iria ser mais fruto do êxtase deste momento do que da razão, e […]

Ainda sobre Shame

Abril 9, 2012 por

0

Diz um. «Gosto do que escreveste e algo disso é verídico, mas eu não achei nada de extraordinário. O filme é bom mas é para se ver muito atento, provavelmente no cinema. A produção é muito boa, especialmente em algumas cenas. Para mim é genial a cena dele a jantar com a preta, numa tentativa […]

Do outro lado à luz

Março 22, 2012 por

0

Pá, entraste na minha vida. Não sais ali de cima, do cantinho do lado direito, na lista de contactos, nos primeiros lugares porque o agá, a estas horas, é top cinco pelo menos. Estás sempre ali, mais acima ou mais abaixo, e causas a impressão que favorece sempre os desconhecidos em quem acredita que pode […]