Browsing All Posts filed under »Desporto«

Contra la perspectiva incompleta de la palabra completo

Janeiro 7, 2016 por

0

Depois de uma vitória daquele tamanho, contra alguém daquele tamanho, as perguntas foram chegando com a mesma naturalidade com que Guardiola as foi esperando, relaxado, enquanto bebia água pela garrafa de plástico, e as foi devolvendo, uma por uma. Como se não fossem perguntas, apenas tempo que é preciso esperar até poder levantar-se e regressar ao balneário para […]

Kily e Bielsa no Brasil em 2014

Julho 1, 2014 por

0

«Tal não significa que optando pelo pior caminho se estará sempre condenado ao insucesso. Tão pouco que optando bem se será sempre bem sucedido. Significa somente que, optando bem, se está sempre mais próximo de se ser bem sucedido.» Pedro Bouças Vá-se lá saber porquê, vale sempre a pena ouvir falar um argentino. E se […]

Em ano de Mundial, recordar Zidane

Junho 9, 2014 por

0

«Não há nada como ignorar a arte, basear-se em ideais pré-definidos ou ajuizar acções pelo grau de catolicismo que transportam para se poder viver em paz…» Nuno, in Entredez Olhar para o que aconteceu em 2006 de uma outra perspetiva e dar-lhe a importância que realmente importa e que realmente merece. Zidane, momentos antes da famosa […]

Em ano de Mundial, recordar Maradona

Junho 9, 2014 por

0

«Barrilete cósmico, ¿de qué planeta viniste para dejar por el camino a tanto inglés, y para que el país sea un puño apretado gritando por Argentina?» Embora não vivido, vivido vezes inúmeras e nunca suficientes. É difícil não ficar com a imagem, com a sequência, gravada na memória com apenas uma ou duas visualizações. Mas, hoje, […]

Eu convocava

Maio 5, 2014 por

0

Pensei em fazer o exercício de escolher os 23 jogadores que, na minha opinião, melhor representariam a Seleção Portuguesa no Mundial deste ano, no Brasil. Os critérios para a seleção são aqueles que considero serem os mais importantes para este tipo de convocatórias: qualidade técnica e inteligência na interpretação de situações de jogo. No fundo, escolher […]

Séries Magazã Mil – You can’t buy class

Outubro 24, 2013 por

0

Terminada a época passada, o Arsenal acaba a liga no quarto posto, à frente do Tottenham, por exemplo, e consegue mais uma vez o acesso à liga milionária, apesar das dificuldades e da maioria dos prognósticos. Entretanto, à data de hoje, o Arsenal lidera a Premier League e divide com outras duas equipas a liderança […]

Inteligência e elegância

Agosto 25, 2013 por

0

Não sou muito do tipo de falar sobre tudo e mais alguma coisa, embora quem me conhece reconheça que quando me dá para falar sou capaz de ficar ali a noite inteira – é, as conversas mais interessantes que vou tendo dão-se à noite, à hora a que se assentam as ideias. Pelo menos no […]

You can’t buy class III: Identidade Wenger

Maio 1, 2013 por

3

«Uma das coisas de que o Wenger se tem sempre queixado é de que o Arsenal é dos poucos clubes em Inglaterra que tem uma política financeira conservadora. Há muitos anos que anda a dizer que os baixos orçamentos têm sobretudo a ver com o facto de estarem a pagar o estádio e não quererem […]

You can’t buy class II: Qual nervo?

Março 4, 2013 por

3

«O Arsenal é de resto um bom exemplo para a fragilidade de algumas equipas”facilmente” atropeladas pelo músculo. Na Liga Inglesa, uma equipa para conquistar títulos ou para cumprir os seus objetivos, sejam eles quais forem, tem de ter músculo. É obrigatório. Não chega jogar futebol.» «O Arsenal de Wenger não tem essas duas ou três […]

You can’t buy class I: Não há curva descendente nenhuma!

Fevereiro 20, 2013 por

4

Esta série de ideias foi retirada da caixa de comentários deste artigo do Entre Dez, e resume alguns pontos de uma conversa longa entre um dos autores do blogue e um leitor, a finais do mês de janeiro de 2013. A ordem das citações, e as próprias frases ou parágrafos, não se encontram necessariamente pela […]

Quatro maior que vinte e tal

Agosto 28, 2012 por

0

«O Rio Ave arranca de Alvalade a tal primeira vitória de sempre, mas fê-lo sem ter que recorrer à sorte – caminho que o Sporting escolheu e o único que teria justificado um resultado diferente, como pretendia Sá Pinto.» 1 – Domínio aparente mas pouco futebol. Esta tentativa de «jogar à Sporting» de Sá Pinto […]

Pouca coisa ou quase nada

Agosto 20, 2012 por

2

«Ter que recorrer à fé será, entre linhas, ou não acreditar em mais nada do que na sorte ou não perceber nada do assunto – é ser imbecil se não se quiser, também, perceber.» in Sporting base I 1 – Sá Pinto sai do jogo satisfeito com qualquer coisa que, só por si, não é […]